CULTURA
Celebre as tradições do Dia do Gaúcho
   
Mesmo em casa, ainda é possível comemorar o feriado de 20 de setembro no Rio Grande do Sul

Por Cris Landi
16/09/2020 11h58

Em 20 de setembro de 1835 iniciou a Guerra dos Farrapos, também conhecida como Revolução Farroupilha, terminada somente no dia 1º de maio de 1845. Para referenciar a data, tão importante para a comunidade gaúcha, o dia 20 de setembro ficou reconhecido como Dia do Gaúcho.

A cultura do Rio Grande do Sul é rica, tendo influências indígenas, espanholas, italianas, alemãs, polonesas e negras. O gaúcho tem orgulho do seu Estado e de suas tradições, como suas músicas tradicionalistas, o chimarrão e o churrasco. Tradicionalmente, durante o Dia do Gaúcho, são organizadas festas nos Centros de Tradição Gaúcha (CTGs) que ressaltam os costumes típicos deste povo, como a culinária, vestimentas, danças e apresentações musicais.

Em razão da pandemia e do isolamento social, as comemorações da chamada Semana Farroupilha tiveram de ser canceladas. Ainda assim, há diversas possibilidades para se celebrar. Para isso, a Tramontina fez uma seleção de produtos que todo gaúcho precisa ter para realizar as celebrações em casa, com a família:

Tábuas

Num churrasco, a tábua de madeira da Tramontina tem papel fundamental, afinal, é sobre ela que os cortes serão fatiados e servidos. Produzidas em madeira Teca, Muiracatiara e Mogno Africano, o material diminui o impacto do corte, preservando a qualidade da faca. Em alguns modelos, há acabamento com sulco, o que permite que os líquidos dos alimentos fiquem retidos no material, evitando que eles escorram.

Churrasqueira

Maior expoente da culinária gaúcha, o churrasco não é só uma refeição, ele é um evento. A tradição gaúcha remete ao companheirismo, à confraternização. Para essa situação, é ideal ter uma churrasqueira de alta performance, prática e econômica, que seja fácil de montar e de usar. 

Garrafa térmica

O chimarrão é a bebida típica gaúcha e precisa, basicamente, de quatro coisas: erva, cuia, bomba e uma garrafa térmica cheia de água quente. A térmica, forma reduzida como os gaúchos chamam este objeto, deve ser leve, capaz de manter a temperatura da água quente por um bom período e fácil de transportar, já que não há lugar em que não se possa tomar chimarrão.

Facas

Para preparar um bom churrasco, as facas são imprescindíveis, e há um tipo ideal para cada situação. Indicada para cortes de carnes assadas, as opções são de fio liso ou serrilhado. Os utensílios de lâmina rígida e ponta curvada são ideais para cortar carnes cruas, assadas ou cozidas. E, para separar a carne dos ossos e tirar a gordura, as facas de lâmina rígida auxiliam na hora de desossar e facilita cortes na região do osso, onde é preciso contorná-lo. 

Fonte: Tramontina

www.tramontina.com.br 

   

  

Comentar comment0 comentário
menu
menu